Scooby-Doo!



Scooby-Doo ou Scooby Cornelius Doo. É um personagem fictício criado em 1969 por, William Hanna e Joseph Barbera para aparecer nos desenhos que tinham o mesmo nome "Scooby-Doo!" com mais um subtítulo. Ele atuava e atua ainda hoje em novas encarnações como as recentes, "Scooby-Doo! Mystery Incorporated" e "Be Cool, Scooby-Doo!" a procura de mistérios mostrando que os verdadeiros monstros da vida, são as pessoas como disseram os criadores pelo qual motivo era as pessoas serem os vilões em cada episódio. Scooby começou na CBS estrando o "Scooby-Doo, Where Are You! / Scooby-Doo, Cadê Você!" em 13 de fevereiro, 1969 tendo apenas duas temporadas sendo o desenho de maior sucesso do canal. Mas antes disso, o produtor executivo da CBS, Fred Silverman rejeitou os primeiros desenhos de Scooby pois eram muito assustadores para um público infantil e encomendou outro. O título original seria, "Who's Ssssscared?", mas em uma viajem para Los Angeles de avião, Fred Silverman ouvia a nova música de Frank Sinatra "Strangers in the Night" cujo refrão era "Dooby dooby doo", assim, Fred S. voltou da viajem conversando com Hanna-Barbera criando o Scooby-Doo. Com o sucesso do desenho de garotos e seu mascote desvendando mistérios na sua Máquina Mistério, veio a criar outros desenhos da mesma fórmula como Goober e os Caça-Fantasmas, Fantasminha Legal, As Panterinhas, Clue Club, Shmoo e assim mais. 

  Em 1972, um ano depois o fim de "Scooby-Doo, Cadê Você!" a CBS queria que os episódios durassem mais, não queria só vinte e dois minutos que era o normal, assim Hanna-Barbera depois de muitas conversas lançaram o "Os Novos Filmes de Scooby-Doo" onde, Scooby e a turma em mistérios longos com uma duração de quarenta minutos se encontravam com famosos no meio da trama tendo uma ótima recepção e em 1976 lançou "Scooby-Doo-Dynomutt Show", um crossover com Dinamite, o Bionicão quando em 1977 ele estreou no  Ho-Ho-Límpicos (Scooby's All Star Laff-Lympics) juntamente com várias outras atrações da Hanna-Barbera.
  1979 chega lançando, "Scooby-Doo and Scrappy-Loo / Scooby-Doo & Scooby-Loo". Scooby-Loo é a versão menor de Scooby, o sobrinho corajosa, tagarela, um pouco chato e destemido, o oposto do tio, mas isso tudo durou pouco.
  Scooby-Doo no começo foi maravilhado, recebeu ótimas críticas dando publicidade máxima a CBS. Mas ao passar das temporadas ficou decadente com as inovações demais. Fred Silverman queria uma fórmula nova para, Scooby-Doo que ao passar de cada temporada lançada foi-se caindo um pouco a audiência. Uma das encarnações mais polêmicas foi "Os 13 Fantasmas de Scooby-Doo!". Antigamente uma desenho infantil se dirigir aos monstros como "demônios", era uma coisa absurda como teve e assim foi cancelado no seu décimo quinto episódio capturando somente onze fantasmas e os dois últimos episódios nunca foram ao ar.
  Nove anos se passam e chegam na década de 80, 1988 e se lança "O Pequeno Scooby-Doo" retratando toda a turma da mistério S/A criança. Desta vez eles focaram mais na comédia, as graças no episódio do que nos fatos e os mistérios, mas tinha sim mistérios pela cidade a se resolver, mas não tão focado como no original terminando em 1991.
  Após oito anos pela primeira vez, Scooby-Doo vira filme de cinema com personagens reais chamado "Scooby-Doo! O Filme" tendo uma ótima crítica sendo confirmado o dois que se chamou "Scooby-Doo! Monstros á Solta" tendo remakes dos monstros antigos, mas não foi tão bom quanto o primeiro, um terceiro havia sido confirmado e Raja Gosnell já trabalhava no roteiro mas então a Warner Bros. cancelou o projeto ficando apenas nos dois filmes mesmo. Scooby logo depois virou um novo seriado de TV do século XI chamado "O Que Há de Novo, Scooby-Doo?" tendo duas temporadas e em 2013-2014 teve, "Scooby-Doo! Incorporação Mistério" e em 2015 "Que Legal, Scooby-Doo!" que está engatinhando para a sua segunda e última temporada agora em 2017.

Nenhum comentário :

Postar um comentário